Chegada e Adaptações

Depois de 10 horas atravessando o atlântico, a chegada no continente europeu foi interessante, com muitas sensações diferentes. Começando pela grandeza e beleza do aeroporto de Madrid – Barajas. Depois com o primeiro contato realmente do idioma espanhol – pessoas conversando nas ruas, metrôs e praças.

Nos primeiros dias me surpreendi com o fato de escurecer somente as 22:00. Nunca tinha visto isto antes, pois em Brasília no máximo escurece as 19:00, quando temos o horário de verão. Aqui este fato deve-se também ao horário de verão, que começa no mês de Junio e vai até meados de Setembro.

Desta forma, a lógica aqui é outra: enquanto estamos no inverno (meio do ano) eles estão no verão. É nesta época que as pessoas tiram férias, vão para as praias, viajam pela Europa e conhecem outros países. Me surpreendi pelo fato de eles não abrir mão das férias (vacaciones) .Quando cheguei a cidade estava “vazia”. Andava nos ônibus e metrôs e estavam sempre vazios. Encontrava muitas lojas com cartazes “Cerrado por vacaciones, volveremos en Septiembre”, ou seja, muitos comerciantes fecham realmente seu estabelecimento e se dão o luxo de ficar até 3 meses com o seu negócio fechado.

cerrado_por_vacaciones

 Outra coisa curiosa e que achei interessante é a chamada Siesta, que é um horário entre 14:00 e 17:00 em que alguns estabelecimentos fecham suas lojas para descansar, depois de uma manhã “larga” e também para se prepararem para o turno da tarde. A volta ao trabalho geralmente  é as 17:00 e as 22:00 fecham novamente. Esse descanso pode ser para as pessoas dormirem, resolver algum assunto, fazer um passeio, etc. Isso eu considero uma coisa boa, que proporciona qualidade de vida, pois no meio de um dia em que muitas vezes é estressante ou difícil, você tem um momento para se cuidar e fazer coisas do seu interesse (relaxar, aproveitar a família, etc).

Siesta

Esse costume é mais forte no verão, quando as temperaturas são mais altas e causa aquela preguiça leve. E também pelo fato do dia ser maior no verão, com a quantidade de horas maior em relação ao inverno. Nas cidades do interior este costume é mais comum.

Desse modo, muitos turistas quando vão passear neste horário ou tentar resolver alguma coisa não conseguem. Os espanhóis não abrem mão disso! Lembro que na primeira semana quando estávamos procurando apartamento para alugar ligamos em um número e uma mulher atendeu, e depois de um tempo ela falou algo assim: “Ahora estoy en siesta, por favor no me molestem”, e desligou o telefone na nossa cara.

Essas coisas são curiosas e acho que o intercambista ou turista deve respeitar e sempre estar aberto para essas coisas, pois isso faz parte da cultura e dos costumes de cada país ou região.

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s